Progressão não Perfeição

Se você disse Sim para a nova geração, e você está disposto a embarcar em uma jornada de mudança de vida na familias em que você serve, você precisa entender que alguns desapontamentos virão juntamente com esta jornada. Nós somos pessoas quebradas e estamos tentando liderar pessoas quebradas. Não está nos prometido o sucesso, então por que nos encontramos tão surpresos quando as coisas não acontecem como gostaríamos que acontecessem? Quando algo que foi dito machuca aquilo que é a nossa essência. Quando a pessoa na qual você investiu tanta energia e esforço vai embora, quando você espera que 100% das pessoas que você convidou venham para o seu evento e somente 40% aparecem, quando 10 voluntários dizem que não vão aparecer no domingo. Nós miramos na lua e talvez acertamos uma estrela.  Como você se sente com isto? Nossas ações são muitas determinadas pela maneira com a qual nos sentimos sobre alguma coisa. O ministério é cheio de desapontamentos, mas isto porque talvez nós buscamos a perfeição no lugar do progresso. Perfeição é um esforço por alguma aparência ou resultado. Uma busca muitas vezes obsessiva, cheia de detalhes que podem nos tornar em leaders monstrinhos.  Progresso significa, que de uma forma constante você está se movimentando em direção do objetivo desejado e  você celebra as pequenas vitórias ao decorrer do caminho que irão definitivamente somar para uma vitória. Vamos então colocar alguns alguns alvos sábios. Tenha certeza de que você terá o elemento da diversão e um objetivo que vai servir de encorajamento. Deus lhe fez por uma razão. Descanse Nele. Repetindo:
  • Específico
  • Mensuravel
  • Alcançável
  • Relevante
  • Definido
Se podemos ser melhores ao definir alvos, então podemos estar certos de que estamos indo na direção certa de nosso destino. Faça um compromisso de continuamente reajustar as suas expectativas,  coloque alvos sábios, e busque o progresso no lugar da perfeição. Lembre-se: Você está em uma maratona e não em uma corrida de curta distãncia.

Estratégia, não um currículo!

No 252 Basics, nós acreditamos que ministério é mais do que um currículo. Por isto que tudo o que fazemos se encaixa na visão geral da estratégia Laranja. No livro PENSE LARANJA do Reggie Joiner , ele explica porque a estratégia é tão importante.

Um currículo provê informação, mas a estratégia ensina com um final em mente. Existem conceitos chaves  que uma criança precisa aprender em cada idade, desde o nascimento até os 18 anos de vida – conceitos específicos em cada fase de vida. Princípios e experiências que proporcionaram a ela um crescimento real no relacionamento com Jesus Cristo. Quando temos uma estratégia geral, um plano mestre existente, o resultado final sempre trará a criança a nossa mente.

O currículo equipa líderes, mas a estratégia os desenvolve.
A estratégia ajuda os líderes a focar naquilo que é correto – desenvolver voluntários em líderes, conectar com o lar, conectar crianças pequenas e estudantes. Esta mudança de  FOCO nos permite concentrar nosso tempo e energia para o crescimento das pessoas de nosso  ministério e nos  ajuda a crescer como líderes.

Um currículo facilita as reuniões, mas a estratégia prioriza comunidade.
O papel do pequeno grupo é elevado quando você tem uma estratégia específica para cada idade. Cada criança ou adolescente precisa ter um líder adulto em sua vida, no qual ele pode confiar e que também comunica as mesmas coisas que seus pais estão comunicando. Nós acreditamos que o pequeno grupo é o primeiro lugar onde a verdade é processada, porque é ali que  adultos e crianças desenvolvem um relacionamento. É o lugar onde eles se sentem seguros para fazer perguntas e assim internalizar a verdade.

Um currículo substitui os pais, mas uma estratégia conecta com eles.
A estratégia busca criar um alinhamento entre a igreja e o lar. Mesmo tentando maximizar o impacto que temos nesta geração, o tempo que a criança ou estudante passa no lar tem um impacto enorme no seu desenvolvimento espiritual, não somente nas horas que ele passa lá , mas por causa do relacionamento entre os  pais e a criança.  Por isso que é tão importante sermos  estratégicos na maneira de conectar com os pais e em como aumentar o relacionamento pais-crianças.

Um currículo provê informação, mas uma estratégia mobiliza estudantes a experimentar o que eles estão aprendendo.


Nós acreditamos que o ensino vai  além de um formato  de uma exposição básica da lição, e sim de uma maneira pela qual  as crianças e os jovens irão experimentar a verdade fundamental.

 


Na nossa perspectiva, este é um componente chave para que a fé comece a fazer parte do DNA de nossas crianças e estudantes. Nós acreditamos que eles devem ser ativos no ministério, recebendo assim, a chance de se tornarem parte da igreja local agora. Não devemos  esperar até que “um dia”, eles finalmente vão ter o desejo de servir sem ter nunca terem tido a oportunidade de experimentar o que significa servir no corpo de Cristo… Uma parte fundamental do crescimento espiritual é o serviço.