3 Dicas para Organizar Pequenos Grupos

Você tem líderes de pequenos grupos que não perderiam por nada o tempo precioso com as crianças no domingo? Esse tipo de relacionamento não acontece apenas ao dar um título a um voluntário ou até mesmo criando novas atividades aos domingos.  Para ter o máximo de impacto, é preciso ter uma estratégia para criar pequenos grupos intencionais, ter um líder consistente e ter o mesmo grupo de crianças toda semana.

A nossa tarefa é fornecer um espaço seguro onde as crianças possam encontrar sua “tribo”. Os amigos com os quais nossas crianças passam o maior tempo influenciarão suas decisões para a vida. Sem um plano sólido, nossa programação pode correr o risco de parecer um caos organizado ao invés  de um ministério intencional de pequenos grupos. Aqui estão três dicas para ajudar a maximizar a estrutura de seus grupos, para que os relacionamentos possam crescer.

1. Organize-os
Para igrejas com mais de um culto, um cadastro de pequenos grupos irá encorajar os pais a escolher um horário de culto para trazer consistência a seus filhos e maximizar o impacto. Depois de receber o cadastro, você pode atribuir uma criança à um líder de pequeno grupo ao invés de uma “sala”. Isso permite que você crie listas de grupos para seus líderes, comemore aniversários e aprofunde relacionamentos.

Para igrejas menores ou com um único culto, use uma abordagem mais “orgânica”. Coloque ganchos perto da entrada do seu ministério e coloque 10 crachás de várias cores, para representar cada pequeno grupo. Uma vez que esses crachás foram distribuídos durante o check-in das crianças, esse grupo de cores está em capacidade máxima. As crianças gravitarão organicamente para o mesmo grupo semana após semana. Quando isso acontece, você pode tornar a atribuição “oficial” com uma lista de grupos conforme mencionado no método de cadastro.

* DICA: Certifique-se de comunicar (várias vezes) aos os pais sobre quem são os  líderes do pequeno grupo de seus filhos. Existe uma grande probabilidade, de que seu filho ou filha não fará esse comunicado. (Sim, estou falando por experiência, como mãe de meninos!)

2. Mantenha-o pequeno
O tamanho ideal de pequenos grupos são de 8-10 crianças para 1 líder. Se um pequeno grupo crescer além de 10 crianças de forma consistente, multiplique o grupo em 2 novos grupos. Se um grupo tiver mais de 12 crianças em um domingo, divida o grupo naquele dia para ajudar seu voluntário a não se sentir sobrecarregado. A partir de 12 crianças fica muito difícil gerenciar e será muito frustrante para o líder do seu pequeno grupo. Considere dividir seus pequenos grupos por gênero para as 3º, 4º e 5º séries. Dependendo do número de crianças, você pode precisar de um grupo de meninas de 3º, 4º e 5º séries ou grupo de meninos para manter a proporção de 1: 8-10.

3. Dê aos visitantes uma experiência diferenciada.
Especialmente para igrejas com mais de um culto ou grupos com mais de 50 crianças, considere uma experiência diferenciada de pequenos grupos para seus visitantes ou para crianças que não estão conectadas de forma consistente a um grupo. Isto é, a criança é registrado para um pequeno grupo para uma hora específica mas por várias razões aparece em horários diferentes.

Esses líderes de pequenos grupos diferenciados devem dar uma atenção  especial aos visitantes e então investir um tempo extra para se conectar com eles.  Estes líderes também podem monitorar quem está vindo consistentemente semana a semana, o que os ajudará a determinar quando formar um outro pequeno grupo a partir daquele grupo.. (Nota: Os convidados podem acompanhar seus  amigos no grupo deles também).

A maneira como você organiza os pequenos grupos pode ajudar a elevar a sua mensagem de que é importante ser consistente.

Eu adoraria ouvir o que vocês pensam sobre isso! Comente abaixo como você organiza seus grupos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *